Blogs com conteúdos relevantes e valiosos. Será que fazem parte da sua estratégia de marketing digital?

Agência Noise > blog noise  > Blogs com conteúdos relevantes e valiosos. Será que fazem parte da sua estratégia de marketing digital?

Blogs com conteúdos relevantes e valiosos. Será que fazem parte da sua estratégia de marketing digital?

“Minha empresa ganhou X prêmios”. “Foi reconhecida como melhor fornecedora”. “Conquistou mais um contrato importante”. Se os conteúdos que seu negócio está criando se resumem a temas como esses, esse post é para você.

 

Nada contra noticiar os feitos da empresa. Matérias como essas certamente valorizam o negócio e seus profissionais. Mas uma coisa é fato: se sua estratégia de marketing de conteúdo está limitada a pautas sobre o próprio negócio, os resultados podem ser desanimadores.

 

Afinal, qual público tem maior interesse nesse tipo de informação? Principalmente empregados, fornecedores, clientes e investidores, certo? Pessoas que já conhecem o seu trabalho e já possuem um certo nível de relacionamento com o seu negócio.

 

Mas e quem nunca ouviu falar da sua empresa? Como irá encontrá-la? Como as matérias do seu blog podem atrair potenciais clientes, mostrar sua autoridade no assunto e estimular uma demanda latente no mercado?

 

Antes de responder a essas perguntas, faça um pequeno exercício. Quando você procura sobre temas de marketing digital no Google, você utiliza esses termos de busca:

 

  1. Melhor empresa de marketing digital do Brasil
  2. Empresa de marketing de conteúdo premiada

Ou esses:

  1. Como aumentar as minhas vendas com marketing digital?
  2. Como criar uma boa estratégia de geração de conteúdo?
  3. Por que meu marketing digital não traz retorno?
  4. Como calcular o ROI no marketing digital?

SOLUÇÃO PARA UM PROBLEMA

 

O que as últimas opções têm em comum? Buscam resposta para um questionamento. As plataformas de busca e as redes sociais viraram verdadeiros canais de solução de problemas e esclarecimento de dúvidas dos mais diversos tipos.

Escolher a empresa e buscar ajuda profissional, agora, só depois de muita pesquisa por conta própria. Os usuários, inicialmente, não estão muito preocupados em bater o martelo sobre quem será o fornecedor. Querem, primeiro, sanar as dúvidas. Depois, começam a considerar as opções disponíveis para, somente aí, pensar em fazer a escolha.

 

RENTABILIDADE EM SEGUNDO PLANO

 

O Content Marketing Institute é claro ao dizer que o objetivo do marketing de conteúdo é atrair, conquistar e envolver o público, e por último estabelecer uma relação que possa vir a ser rentável.

 

Ou seja: enquanto sua empresa estiver pensando em como promover seus diferenciais e falar de si o tempo todo, estará deixando de lado uma premissa básica do inbound marketing e invertendo a ordem de prioridade das ações.

 

Por isso, é preciso investir em materiais que orientem, esclareçam e facilitem a vida das pessoas. Ou, como anda-se dizendo bastante por aí: ataquem uma dor do usuário, resolvam um problema do seu cliente potencial.

 

Mesmo que não tenha reflexos sobre as vendas ou que nem sequer se trate diretamente do seu negócio, a ordem agora é colocar as necessidades das pessoas acima dos interesses da área comercial.

 

Ao fazer isso, certamente a relação de confiança que será criada com os usuários ao longo do tempo terá reflexos sobre o negócio.

 

O importante é que você tenha know how suficiente para bancar o que diz. E mais: preocupe-se em fazer algo original (sem cópia e cola ou retalhos coletados em diferentes fontes), com uma linguagem adequada e detalhamento aprofundado.

 

Bom, agora que fizemos o alerta sobre porque seu negócio não pode ser o único assunto das matérias do seu blog, vamos detalhar como montar uma estratégia de marketing de conteúdo que realmente tragar resultados. Fique ligado nos próximos posts.

 

 

 

No Comments

Post a Comment

Comment
Name
Email
Website